domingo, 15 de julho de 2018

Perdi o sorriso



 

Perdi o sorriso,

que alguém amou,

na tristeza e dor

que em mim ficou.

 

Do nada que resta

do que fui outrora,

lábios de doçura

de sabor a amora…

 

Fechados e tristes

no amargo do fel,

secos, ressequidos,

perderam o mel…

 

Por vezes assustam

e sei bem porquê;

quem foge de mim

beleza não vê.

 

Sumiu-se na alma

bem interiorizada

e o espírito aberto

aguarda a chamada

 

Onde tudo é belo

e não há mais dor

mas paz e alegria,

em tudo há amor!

             «»

                  Zélia Chamusca

                      

Sem comentários:

Enviar um comentário