sexta-feira, 20 de outubro de 2017

O Peso das Palavras


                                         
           

A mesma palavra pode dizer tudo e nada

pode ser agre doce e perfumada

 

A mesma palavra pode ser contundente

sintética restrita e abrangente

 

A mesma palavra pode ser agressiva

vazia oca verdadeira e defensiva

 

A mesma palavra pode ficar gravada

no coração e na alma apunhalada

 

A mesma palavra pode causar dor

e simbolizar doçura carinho e amor

 

A mesma palavra pode ser amargura

mas que seja transparência e candura

                               «»

                                            Zélia Chamusca

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

O Julgamento na Praça Pública




 
Andam tantos criminosos à solta

Pela comunicação silenciados.

Dentro de mim há tristeza e revolta,

Não por estes nem sequer serem julgados;

 

Não. Sinto revolta pela insensatez

De quem tendo responsabilidade,

Só de um relata o que fez (ou não fez)

Sem nenhuma respeitabilidade.

 

Todo o humano merece respeito,

Não ser na praça pública condenado,

Pois, será pelo Tribunal julgado.

 

Sinto a enorme dor dentro do meu peito

Por apenas ver que, em tantos canais

Se atiram pedras e, nada mais…

                            «»
Poema de - Zélia Chamusca