sábado, 24 de junho de 2017

A guerra incendiária


 

 

Deixa, deixa, deixa arder

que é tudo para destruir!

Só neste país de dementes

pode a destruição existir!

 

Este ano começa cedo

a ação vil e desumana

que há trinta e um anos persiste

nas mentes de gente insana!

 

É uma cruel guerra incendiária,

que este ano recomeçou,

numa destruição satânica

tanta gente vitimou!

 

A guerra irá continuar

durante todo o verão,

porque a luta de interesses

não pode saciar  vilão!

 

Só no final do verão

poderão as tréguas chegar

sobre as cinzas aquecidas

porque o inverno vai voltar!

                 «»
Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google

Sem comentários:

Enviar um comentário