terça-feira, 2 de maio de 2017

Já me perdi


 



Já me perdi

No que sonhei.

Subi aos céus

Da alegria,

Rompi véus

De fantasia

E neles me encantei… 


Já me perdi

E me encontrei

Na encruzilhada

Do nada,

Sem saída,

Na vida

Feita de sonho,

Fantasia

Que extasia…

 

Já me perdi

Nos céus

Onde subi

E desci.

Do êxtase acordei,

Desse encanto

Que inebria a alma

E levitei

Nos ares do encantamento

Com asas brancas de anjo,

Pelos céus extasiada…

 

Já me perdi,

Sofri e aprendi,

No caminho da jornada,

A estar acordada

E pela estrela guiada,

Não do coração,

Nem da emoção,

Mas, pela estrela da razão!...

                 «»
Poema de - Zélia Chamusca

                         

Sem comentários:

Enviar um comentário