sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Nem por um momento se faz Natal








Os demónios invadiram a Terra

com tanta desgraça, ódio, fome e guerra!

Nem neste Natal nem noutro qualquer

parou a guerra por momentos sequer!



Já não há tréguas, não se suspende o mal,

nem por um momento se faz Natal!

Natal é amor, paz, solidariedade,

mas, não há amor, nem paz; apenas, maldade…



Fabricam-se armas para destruição,

jogando ao poder, em competição!

Tal a crueldade que paira no mundo

onde falta amor e há ódio profundo…



Não escutam Jesus que nos vem lembrar

que uns aos outros nos devemos amar.

Está triste Deus, chamem-Lhe o  que for,

porque o Seu verdadeiro nome é – O AMOR!

                                   «»

Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google

Sem comentários:

Enviar um comentário