segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

De manhã ao acordar

                             















Oh! Lua dos sonhadores,
dos  amantes,
dos poetas e escritores!

Acordaste risonha,
sorridente e brilhante
a brincar com cada amante!

Dizem que sou poeta e escritora,
amante e sonhadora,
por isso, comigo brincas:
Apareceste disfarçada,
parecias o sol
e fiquei encantada…

Mas, foi por ti que me encantei
e me apaixonei,
porque eras tu
e não o sol,
mas, brincalhona…
Vestiste a luz do sol?...

Parecias mesmo o sol
de manhã ao acordar,
que até pensei 
que estava a sonhar,
vendo o sol a despontar,
e,  disfarçada eras tu lua,
pura, branca e nua
na beleza do azul celeste!...

Que bela imagem me deste,
que encantou o meu olhar
de manhã ao acordar,
contigo me envolvendo
na loucura da magia
de fazeres do meu dia,
um dia de plena alegria!

                 «»
                      Zélia Chamusca



Fonte de imagem - Google

2 comentários:

  1. Grande poeta , escritora e com uma sensibilidade que só os grande poetas sonhadores têm. Adorei ler. beijinho amiga

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Minha Querida Amiga, Rosaria Marques,
      Que surpresa!
      Fico feliz por ter apreciado este tão simples poema.
      Beijinho,
      ZCH

      Eliminar