domingo, 11 de dezembro de 2016

A Todos Um Presente de Natal



















Meu Querido Pai Natal,

Eu te peço um presente

Que seja bem diferente

De noutro qualquer Natal:




Na Terra a fome acabar,

Muita paz e muito amor,

Alegria em cada lar

E o perfume duma flor.



A todos  nós o Menino

Veio para nos amar,

Mesmo do mais pequenino

Ele se pôde lembrar.



Meu Querido Pai Natal,

O teu grande saco cheio

De saúde, amor e paz,

Irmamente, sem enleio,

Partilha-o, que nos apraz.



Leva as nossas criancinhas

E não esqueças, porém,

Aquelas bem pobrezinhas,

Até à Gruta a Belém

Para o Menino ver,

Numas palhinhas deitado

Acabado de nascer

Pelos Magos adorado.



Levadas com teu carinho

Conduzidas com amor

E unidas pelo caminho

Prepara-as para o labor

Enquanto missão de ser,

P’ra num mundo diferente

Poder viver, ser e ter,

Numa Terra Universal

Em que toda a sua gente

Seja unida e fraternal.

               «»

                      Zélia Chamusca




lia Chamusca 
Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de Imagem Google                                          




Sem comentários:

Enviar um comentário