quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Começa o princípio do fim


     
                                                            


Como árvore decepada
de membros destruídos,
corroídos, ressequidos,
num todo inexistente
duma união deficiente,
em desintegração já eminente.

Uma organização desorganizada
jaz no chão, amortalhada,
de raízes apodrecidas
e folhas secas, 
amarelecidas,
levadas pelo vento
num forte tormento
de alguns integrados,
enxertados.

Começa o princípio do fim.
                                   
                                      «»

                    Zélia Chamusca

Sem comentários:

Enviar um comentário