quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

O Vício de Escrever





Eu queria não escrever,
queria não falar,
queria não ouvir,
queria não entender,
queria não sentir,
queria não amar!

Mas, o paradoxo da contradição
faz com que eu não diga: Não!

Sinto este vício de escrever
pelo prazer de escrever.
É assim o vício…

Talvez seja patológico
este vício de escrever
que não consigo entender.
Mas, é, também, terapia
que alivia…

É explosão de palavras
em que se esgota a energia
para um novo recomeçar,
como a aurora em cada dia,
e, nunca parar!

É um comportamento compulsivo,
é hábito apreendido, desmesurado,
de tal forma descontrolado
que parar não consigo!

Estranho e complexo
este vício de escrever
que não consigo entender!
                «»

                            Zélia Chamusca


Fonte de imgem - Google

Sem comentários:

Enviar um comentário