domingo, 4 de janeiro de 2015

Findou o Natal!





Findou o Natal!
Que Natal?
Findou o Natal para os que dormem na rua
e foram abrigados do frio, na gélida noite abençoada,
tendo como lauta ceia um caldo quente de consoada
para  o corpo lhes aquecer
e a mente, tranquilamente,  adormecer…

Findou o Natal!
Voltaram a dormir na rua
ao frio, à chuva, ao vento.
Já não há tormento,
findou o Natal…

Findou o Natal!
Alguns continuam a esbanjar
o que têm em demasia
e que aos outros falta.
Que ironia…

Findou o Natal!
Que Natal?
Quando cortam ordenados,
despedem  trabalhadores,
e roubam reformados?

Findou o Natal!
Criaram alibis para o povo adormecer,
fazendo festas públicas,
esbanjando milhões,
enquanto eles ficaram
bem acomodados
a gozar confortados,
nas suas mansões,
em banquetes requintados,
por lacaios  rodeados,
num manjar dos deuses
comendo e bebendo que se fartaram,
sendo os custos pelos pobres suportados
com o que lhes tiraram…

Desceram anjos dos céus
para  o povo adormecer
e, eles  a gozar  de longe a ver
se estás bem adormecido
porque poderás ter que de novo
ser injetado para, até de ti, ficares esquecido….

Eles estão cada vez mais ricos
disfarçados de anjos que te adoram
como os Anjos vindos dos céus,
há mais de dois mil anos e que Jesus adoraram…


Acorda,
já não há magos, reis magos,
que, eram apenas, magos…
Hoje, há apenas Herodes
que prendem o Messias
antes que acordes.
Estes, são os reis,
reis do mundo, a quem tu o trono deste
e do mal que causam e causaram na Terra
já te esqueceste.

Continuas, adormecido,
não queres acordar
dando-lhes o poder 
para sobre ti poderem atuar.

Já não há profetas,
apenas, para te enganarem, criam a diversão
para continuarem a tirar-te o  pão
em nome da crise que eles causaram
pela ambição, pela má gestão e pela corrupção.
Contudo, o Natal a festejar voltarão.

Acorda,
acabou a festa!
Continuam a enganar-te,
acorda!

Findou o Natal!
O fogo de artifício
que te encheu de alegria
e encantamento,
tem, apenas, um intento,
não é mais que sedativo
para te adormecer
para que continues dormindo
e quentinho com a alma pelo fogo iluminada,
acordares na alvorada,
ouvindo o chilrear das aves, feliz  e a sonhar
que num outro mundo estás a habitar…

Acorda,
não te deixes embalar!
Desperta, vamos todos lutar
por um mundo melhor,
por uma nova sociedade,
onde haja paz, amor e fraternidade,
seguindo a Mensagem
que Jesus, de novo, nos veio deixar:

Que uns aos outros nos devemos amar!
                        «»

                                    Zélia Chamusca

2 comentários:

  1. Admiro a sua lógica e coerência,bem visívelna parte final dopoema.
    Acorda, ilumina o espírito, informa-te e nunca te esqueças que os teus amigos têm que ser escolhidos por ti, baseando-te nas virtudes que lhes reconheças, naqueles em quem tiveres confiança segura, bem fundamentada. O verdadeiro amigo não precisa de chegar junto de ti com mil e uma promessas a afirmar que quer o teu bem, que te vai dar o jackpot, da lotaria ou do Audi. Acorda, e não esqueças que todo o vigarista se apresenta com simpatias e elogios, mais promessas de futuro risonho.
    Se já acordaste, não te deixes adormecer ao som de falsas trompas e clarins. Prefere o teu silêncio habitual que ele permite-te enriquecer as tuas ideias de boa pessoa que procura cumprir a mensagem de Natal, para bem da humanidade. Estas palavras poderão ser especialmente úteis no corrente ano, em que há eleições.
    AJS

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A.João Soares, lustre Amigo,

      É uma felicidade sentir que consegui transmitir a minha mensagem, alertando para o Bem, a Mensagem de Amor que Jesus nos veio transmitir e que todos os anos é, errónea e cinicamente, celebrada pelos ditos humanos, num mundo em que a podridão,o egoísmo, a falta de amor e de solidariedade, cresce em cada momento, especialmente, naqueles que têm o poder, a quem nós o demos.
      É tempo de acordarmos e vermos que somos nós e, somos muitos, os principais responsáveis pelo mundo. Deveríamos refletir nas palavras do filósofo Jean Paul Sartre: "O homem tem o peso do mundo às costas".
      É tempo de acordarmos e lutarmos por UM MUNDO MELHOR onde não haja mais guerra, nem pobreza, nem luta pelo poder, nem escravidão do indefeso,isto é, não haver mais subjugação do homem pelo homem.
      É tempo de acordarmos para a construção de um Mundo de Paz, amor e fraternidade para que possamos unidos pelo amor celebrar o VERDADEIRO NATAL!
      Grata por seu inteligente comentário que muito enriquece este espaço e, repito, muito me faz feliz. Sei que só não vê o cego que se recusa a ver.
      Agradeço, ainda, as suas gentis palavras relativamente a mim própria, dizendo-lhe que me considero suficientemente inteligente e tenho o dever de o ser.
      Meu abraço fraterno,
      ZCH

      Eliminar