sábado, 2 de agosto de 2014

PALAVRAS DA ALMA
















São palavras da alma
as que, aqui, expresso,
que brotam na calma
de cada meu verso.

Que fluem e saem
na espontaneidade,
no todo se expandem
para a Eternidade.

Ficam bem gravadas
em gentes dispersas
e ficam guardadas
em mentes diversas

Que pensam e reflectem
no sentido delas,
que sentem e entendem
o que dizem elas.
         «»

Poema constante do preâmbulo de PALAVRAS DA ALMA e que deu titulo à obra.
Chiado Editora

Sem comentários:

Enviar um comentário