segunda-feira, 7 de abril de 2014

O pobre mais pobre e o rico mais rico


  
Os meus olhos choram
de tristeza e dor
quando à volta olham
e sentem pavor,

porque há tanta criança
tão cheia de fome…
Não tenho lembrança
de desgraça enorme!...

Já há tanta gente,
ainda, há dias eu vi,
tão triste, tão doente,
não mais esqueci…

Também noutro dia
vi idosa mulher
que não parecia
ser pobre qualquer.

Bem limpa e arranjada,
dos supermercados
levava, esfomeada,
restos  estragados.

No lixo mexia
a senhora idosa
e os sacos enchia
p’ra ceia copiosa.

E, hoje, neste dia,
outra idosa asseada
os sacos enchia
de fruta estragada.

Há velhos que morrem
em casa sozinhos,
pois, pagar não podem
a quem dê carinho.

E uma angústia enorme
dominou meu ser
porque há tanta fome,
tantos a sofrer!...

Os ricos não choram,
nem quem tem poder
que aos que sofrem roubam
e não querem ver!
  
Desumanos são
a espoliar o pobre,
roubando a pensão
ao pobre mais pobre!

O pobre mais pobre
e o rico mais rico!
Pobre de quem sofre…
Por aqui me fico.
            «»

                  Zélia Chamusca


Fonte de imagem - Google

11 comentários:

  1. É de cortar o coração!
    Teus tristes versos invadem uma brusca realidade.
    Bjsssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Minha Querida Poetisa Monica Pamplona!

      Fico feliz com sua presença.

      Tenha um dia feliz,

      ZCH

      Eliminar
  2. Não vai haver solução pacífica,harmoniosa, porque os pobres não têm poder para impor os seis direitos e os ricos não os compreendem e não estão dispostos a reduzir ligeiramente os seus milhões para dar uns poucos euros a quem deles tem necessidade. Mas se a solução não será pacífica acabará por ser violenta com líderes como o escravo SPARTACUS da velha Roma.
    Como o fosso social entre os pobres e os ricos está aumentar aceleradamente, não tardará a surgir o conflito social que será um tsunami arrasador.
    Seria bom que tudo se resolvesse em conformidade com a caridade cristã com respeito pelos outros.
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Boa noite, Ilustre Amigo Sr A. João Soares,
      Este povo é demasiado pacífico mas, estou certa que, surgirá um Spartacus que libertará o povo desta escravidão do século XXI.
      É inadmissível que tenhamos chegado a um retrocesso incompreensível mas que sabemos bem que é causado pela falta de moral, perda de valores e, fundamentalmente o egoísmo que conduziu à corrupção. Espero que em breve acabe a exploração e falta de respeito pelo ser humano.
      Muito grata pelo seu sempre enriquecedor e incentivante comentário.
      Beijinho,
      ZCH

      Eliminar
  3. O problema é mais grave e profundo do que, por vezes, recusamos acreditar.Encontrei agora dois textos que demonstram tal gravidade.
    “Las farmacéuticas bloquean las medicinas que curan, porque no son rentables, impidiendo su distribución”
    https://outrapolitica.wordpress.com/2011/06/23/las-farmaceuticas-bloquean-las-medicinas-que-curan-porque-no-son-rentables-impidiendo-su-distribucion/

    Como explicar que pessoas com pobreza extrema consigam pagar 10 000 euros aos traficantes? (deste não tenho link,mas enviei-lho por e-mail).

    A Humanidade está em continuado suicídio. Será o Apocalipse referido na Bíblia?

    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. A.João Soares,
      Infelizmente a saúde das pessoas é um negócio e não apenas a saúde mas até a própria vida. Está assim o mundo.

      Grata, irei ver o links enviados por e-mail porque aqui não consigo abrir e partilharei no Face.

      Beijinho,
      ZCH

      Eliminar
  4. A pobreza é a maior base de rendimento dos ricos e dos desgovernastes ! Muito poucos vivem da miséria de milhōes (inclusivamente os "clubes"da "caridadezinha"). Tenham vergonha, mais Humanidade, e deixem-se de macacadas !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Ilustre Presidente, Santos Zoio!

      Infelizmente este mundo é o que diz. É assim a ambição do dito ser humano que de humano nada tem.
      Fico feliz com a sua presença.
      Abraço fraterno,
      ZCH
      http://www.bbc.com/portuguese/noticias/2016/01/160118_riqueza_estudo_oxfam_fn?SThisFB

      Eliminar
  5. O POBRE MAIS POBRE E O RICO MAIS RICO
    Inspirado nos seus versos/Digo só para mim/Porque não é no mundo/ toda a gente assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Carlos Alvares,
      Muito grata por seu comentário,
      ZCH

      Eliminar