domingo, 15 de dezembro de 2013

Poema de Natal


 

 

O amor é espírito,
É imortal,
O amor não morre
E eu amo-vos tanto!...
 

Sei que também,
Aí, no Além,
Continuaremos a amar-nos…
 

Neste Natal de Amor
Juntos estaremos
E celebraremos,
Em espírito, o Amor.
 

O Amor é espírito,
É imortal,
E, porque imortal,
Continuaremos
Juntos no Amor
A celebrar o Natal!


        
Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google

2 comentários:

  1. Cara Zélia,

    Este é mais um dos seus belos poemas, recheado de estímulos para reflectirmos sobres o significado desta quadra. Natal é nascer, é renascer com as nossas virtudes actualizadas, retocadas, restauradas de forma a carregarmos as baterias com energia para vivermos mais um ano pleno de atitudes e comportamentos positivos.

    Natal é Amor aos outros, independentemente das suas condições, um acto generoso a fim de nos sintonizarmos com uma verdadeira harmonia global para que todos passemos a ser mais felizes. E todo o nosso pensamento deve, sem condições e com humildade, consciencializar de que apenas somos pequenas partículas integrantes da grande obra do universo e, por isso, não devemos destoar do conjunto, devemos colaborar nos ideais da harmonia global.

    Haja pensamento positivo, Amor, desejos de uma nova ordem que coloque o ser humano acima de interesses materiais, egocêntricos e desagregadores do espírito de adesão à vontade de atingir a Felicidade sem descriminações.

    Haja espírito de Natal todos os dias e para todos. Sejamos Felizes

    Beijo
    João.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilustre Senhor A. João Soares,

      Natal é tudo o que diz com sua inteligência e sensibilidade.

      Natal é nascimento, nascimento de Cristo que veio ao mundo deixar-nos Sua Mensagem de Amor.

      Cristo, Deus feito Homem, encarna a imagem e a essência do Amor.

      Deus é Amor - Diz-nos Santo Agostinho.

      Infelizmente, há no mundo, poucos que sintam o verdadeiro espírito de Natal.

      Para que se sinta é necessário, é condição "sine qua non" que o amor esteja dentro de nós.

      Porém, o verdadeiro amor nem sequer é conhecido porque ele é uma joia muito rara...

      O amor que paira no mundo é o egoísmo, é o sexo, é a moral do prazer,é o hedonismo, o supremo bem para a maioria dos ditos humanos que pairam no mundo...

      Grata por seu importante comentário que muito ilustra esta página.

      Feliz Natal para si e todos seus familiares mais queridos, e, que o Menino Jesus os tenham unidos pelos laços da fraternidade.

      Beijinho,

      ZCH

      Eliminar