quinta-feira, 30 de maio de 2013

Vão cortar p'ra outro lado

 


 

Desta vez vai haver cortes
Na despesa do Estado,
Não te assustes não te importes…
Que vai ser p’ra outro lado...
 

Vão cortar nos deputados,
São tantos a protestar
E com tão bons ordenados
Vão mesmo ter que os cortar!
 

Vão reduzir os ministros.
Ficam os seus secretários
Que são muitos, pelos vistos,
Para tão poucos otários!
 

Chamam aos cortes poupança
Nas despesas do Estado,
Mas, alguns enchem a pança
Sempre os cortes deste lado!

                          «»

                                       Zélia Chamusca

Poema de -  Zélia Chamusca
Fonte de imagem -Google
                                               

4 comentários:

  1. Estupendo Zélia!
    Tentam enganar o povo com paliativos que de nada resolve problemas tão graves de politicagem!
    Bravosssssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É o bláblá destes políticos!

      Beijinho, Monica,
      ZCH

      Eliminar
  2. Sempre que dizem que vão cortar nas despesas do Estado,cortam obrigações sociais do Estado,como pensões ,apoios de saúde,educação e muitas outras que deixam os cidadãos desfavorecidos ainda mais carentes.
    Deviam estudar cortes na fauna que enche os gabinetes,nos deputados que nada fazem de visível, até porque as leis são encomendadas a gabinetes de advogados amigos,cortar apoios a fundações que nada contribuem para bem de Portugal, Instituições que apenas servem para asilos ou tachos a políticos incapazes e incompetentes,atc,etc.Reduzir a burocracia também pouparia muito dinheiro ao Estado e facilitaria a vida das pessoas.
    Há um caso curioso: Há países onde a carta é vitalícia,não precisando deser revalidada.Aqui a revalidação é obrigatória e não passa de uma formalidade para dar dinheiro ao Estado e para manter uns inúteis no IMTP. Conheço um caso em que a data de validade da carta era 9 de Janeiro:.Em Setembro o detentor pretendeu tratar da revalidação pela internet mas o programa do IMTP estava em remodelação. Acabou por tratar disso no ACP no início de Outubro.Em 9 de Janeiro ainda não tinha a nova carta.O ACP passou uma guia de substituição válida por mês e meio.Quando esta terminou teve de tratar de outra guia válida por um mês.Disseram que a demora média é de seis meses.Ora sabe-se que eles ,no IMTP só têm de ver a documentação que é simples e carregar num botão do computador. Porquê tanta demora? É escandaloso. Uma cambada de incompetentes a dificultar a vida aos cidadãos,por variadas formas e diversos pretextos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilustre Sr. João Soares,
      Subescrevo suas palavras "ipsis verbis" e acrescento:

      Cortem nos salários do Governo porque foram os governos que estiveram no poder, que, pela má governação levaram o país a este estado. Ou, vão buscar o dinheiro a quem o levou, aos corruptos, criminosos que andam à solta e sabemos bem quem são. Não é o contribuinte que tem que pagar e o pobre trabalhador já com salário tão baixo. Os governantes foram eleitos para servirem os cidadãos e não para os explorarem. Cortem, no deles que é dinheiro nosso!
      Grata por seu, sempre corajoso comentário.
      ZCH

      Eliminar