quinta-feira, 4 de abril de 2013

O amor verdadeiro



 
O amor verdadeiro
Existe, no mundo inteiro,
Nalguns corações,
Como pérolas preciosas,
Amorosas
E raras,
De ostras caras,
Que valem milhões,
Pela dedicação,
Entrega,
Comunhão
Na dor e paixão,
Distribuindo amor
Aos carenciados
Pelo mundo rejeitados
Que precisam ser amados…
 
São pérolas raras
De ouro reluzente
Brilhantes como o Sol
Dourado e quente
De vida e cor
De Amor!...
 
Estas pérolas de Amor
Não estão em qualquer lado
Por aí, seja onde for,
São pérolas
Dum Ser Sublimado
Em manifestação
Permanente
De entrega e doação
De Amor
Imenso e profundo
Aos abandonados,
Desamados,
No mundo.
 
Não é missão de qualquer,
É apenas, destas pérolas, sequer.
São imagem do Amor,
Pérolas raras que por aí há,
Outras, tantas…
Como Teresa de Calcutá!...
 
São símbolo de Fé
Que nos faz crer
Que um dia,
O Amor deixará
De, apenas, ser
Mera utopia,
E, em todo o mundo,
Para sempre existirá!...
               «»
                              Zélia Chamusca
 
 

 
Poema de - Zélia Chamusca

Da obra - PEDAÇOS DO MEU CORAÇÃO
Edições Vieira da Silva

4 comentários:

  1. Seres como Madre Tereza, Chico Xavier,... São anjos que vêm à Terra, para nos fazer crer que existe sim, o Amor Verdadeiro.
    Lindo Zélia.
    Parabéns.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É esse o verdadeiro amor. É o amor de que Cristo nos transmitiu em Sua Mensagem.

      Esse amor penas existe:

      "Nalguns corações,
      Como pérolas preciosas,
      Amorosas
      E raras,"

      Beijinho, Monica,
      ZCH

      Eliminar
  2. As viagens fazem-se passo a passo. Não devemos olhar apenas para grandes nomes, mas procurar que em cada gesto, por mais simples que seja, haja respeito pelos outros e vontade de lhes ser útil. Estas nossas folhas da Internet podem ser uma ferramenta fomentadora do amor aos outros, de eliminação das injustiças sociais de varrer tudo o que cria dor e infelicidade.
    Haja vontade de ser bom e tudo melhorará, lenta mas progressivamente, até ao infinito. A humnidade é cada um de nós.

    Vamos a isso!!!
    Beijos às comentadoras anteriores
    João

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ilustre Senhor A. João Soares,

      Lindíssimo, incentivante e sonhador o seu comentário.

      Porém, a minha visão é neste momento oposta...

      O amor perdeu-se e existe apenas na sensibilidade dos poetas.

      É bom sonhar.

      Ficarei à espera do próximo sonho de amor a pairar sobre a terra.

      Muito amor para si,

      ZCH

      Eliminar