domingo, 31 de março de 2013

Mensagem do Papa Francisco no Domingo de Páscoa



                                                             


Hoje, Domingo de Páscoa, depois da missa (pela primeira vez sem homilia), o Papa Francisco percorreu o centro da Praça de S. Pedro e deu-nos a melhor mensagem de amor, num contexto de renovação da Igreja Católica com um novo “modus vivendi” que o Papa Francisco preconiza e segue numa “praxis” inovadora e livre.

Comoveu-me o carinho com que recebeu em seus braços alguns bebés e algumas crianças e as beijou; duas deficientes.

Vi-as sorrir ao afago do Papa Francisco como se recebessem um sopro divino.

Quem sabe se elas não teriam melhorado da sua enfermidade?

O Papa Francisco praticou este gesto com amor e carinho e isso foi manifesto na sua própria felicidade, traduzida na alegria do seu sorriso abençoado, que transmitiu às crianças.

Depois de, neste percurso ter saudado toda a multidão que, entusiasticamente, o aplaudia repleta de felicidade, fé e esperança num mundo novo de paz e fraternidade, o Papa Francisco subiu à varanda para a bênção “Urbi et Orbi” e apelou à paz no mundo, tendo referido, especialmente, a guerra no Médio Oriente entre israelitas e palestinianos, bem como noutros países, nomeadamente, a Síria, a África e a Ásia, a atual situação coreana.

Referiu, ainda, o egoísmo que leva aqueles que procuram dinheiro fácil através do narcotráfico e do tráfico de pessoas que conduzem à escravidão, tendo apelado para que se deixassem levar pela misericórdia de Deus e a força do amor de Jesus.

A Mensagem da Páscoa,(1) que o Papa Francisco nos transmitiu, hoje, Domingo de Páscoa, é a passagem à vida para  um mundo de  Paz, de  Amor e de Fraternidade.
                                                     «»

                                                                                                            Zélia Chamusca
(1) Páscoa - significa passagem e tem origem empessach” em hebraico através do termo grego, Πάσχα.

Imagem fonte Google - Papa com criança deficiente ao colo, beijando-a.

                                                         

2 comentários:

  1. Que Deus abençoe nosso Papa. E acrescente a fé naqueles que mais precisarem.
    Bjssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Assim seja, Querida Mônica.

      Fico feliz com sua presença e sempre com comentário tão agradável.

      Grata e beijinho,

      ZCH

      Eliminar