sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Amor que não começou e já terminou...









Você me desperta,
Me abraça,
Me beija,
Me afaga
Fulminada,
Atingida pela seta
Do Cupido
Neste amor não surgido.

Me extasia
De sonho
Ébrio em doce fantasia
E aroma de Afrodite,
A que meu querer permite
E cede à tentação numa envolvência
De loucura e demência
Que me prende
Em clímax que ascende
Ao máximo de suas carícias,
Em meu corpo.

Minha alma se rende
Num êxtase profundo,
Cerrada no mundo,
Num envolvimento emocional,
Apenas,
Não carnal,
A acrescentar às minhas penas!...


Perdida num amor que não começou e já terminou…

                                «»




Poema de - Zélia Chamusca
Da obra - PEDAÇOS DO MEU CORAÇÃO
Edições Vieira da Silva

5 comentários:

  1. Que pena! Um amor que mal começou e já terminou.
    Felizmente, pode-se dizer que foi vivido. Enquanto durou.
    Aplausos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Monica!
      Nem começou...
      Também não valia a pena!!!
      Grata por seu comentário e beijinho,
      ZCH

      Eliminar
  2. «O sonho comanda a vida». E sonhar dá momentos agradáveis... Depois, é preciso encarar a realidade da melhor forma possível, procurando que esse ou outro sonho venha a concretizar-se.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! Ilustre Sr. A. João Soares!

      Efetivamente o sonho comanda a vida. É a partir do sonho que criamos a realidade.

      Tenho a felicidade de, na minha vida, ter tido força, capacidade de trabalho, tenacidade e persistência necessárias que me permitiram concretizar, no que dependeu de mim, todos os meus sonhos.

      Há, porém, muitos outros sonhos cuja concretização, infelizmente, não depende de mim...

      É uma alegria a sua presença.

      Muito grata e beijinho,

      ZCH

      Eliminar