quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

OH! PAIXÃO!

 
          
 
            
 
 
 
Oh! Paixão!
Que és sentimento
De pleno encantamento,
És arrebatamento,
Encanto do coração,
És fascínio,
És da vida a cor,
És o amor
Em todo o seu esplendor!...
 
És desejo,
És atração,
Fascinação,
Encanto,
Beleza,
E, és desejo insatisfeito
Dentro do meu peito.
 
Oh! Paixão!
És criatividade,
És busca
E felicidade
Que encontras
Na beleza
Em toda a natureza,
Na arte,
Sendo na vida
A melhor parte,
Na ciência,
Em toda a sua abrangência,
No outro,
No sexo,
E, sobretudo,
No amor!...
 
Oh! Paixão!
Que também és tristeza,
És luto e dor,
Mas, Paixão,
Quero-te
E desejo-te
Como amor,
Beleza e cor
Que dás vida
À vida
Para que seja bem vivida!
              «»
 
 
 
Poema de - Zélia Chamusca
 


2 comentários:

  1. E se, passados três anos e meio, essa paixão continua tão active que a rememore, desejo que a alimente e a mantenha brilhante e fogosa por muitos anos. A poesia é alimento da vida de pessoas sensíveis que compreendem os afectos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A paixão que aqui tentei apresentar é vista em todas as vertentes, conceitos que apresento e que são fundamento duma vida vivida e feliz. Amo a vida em todas as vertentes da paixão. Sou eterna apaixonada e,sobretudo, por mim e pela minha vida!
      Grata, A João Soares pelo seu comentário.

      Eliminar