sábado, 20 de outubro de 2012

SINOPSE DA OBRA PARTE DE MIM

 

 
SINOPSE   DO LIVRO

Um livro de poemas é uma obra de arte quanto à sua forma estética, é um livro da alma e da sensibilidade.

Entre os gregos o termo poética (poeisis) significava criação e era aplicado à poesia e a outras artes.

A poesia não tem enredo, o assunto é a forma como se mostra.

Ela é a revelação do próprio ser na essência do sentimento.

A poesia fala de tudo e de nada. Ela é uma arte, a arte da linguagem, e, como tal, é uma criação (poeisis) assente em valores estéticos (do grego aesthesis – estética) que simbolizam conhecimento sensorial, sensibilidade.

Na poesia a alma abre-se ao olhar do ser, do ser no mundo e das coisas.

A poesia sente-se e vive-se na alma e consubstancia-se no poema.

Esta obra poética, PARTE DE MIM, é a arte reflectida no espelho da alma em que Zélia Chamusca se identifica e reconhece na essência do sentimento, aqui, retratada e esculpida com o cinzel da sua sensibilidade.

Nela nos fala de amor, de sentimento, de paixão e de emoção. Nos transmite seu saber de viver, de fé, de esperança e determinação.

É uma obra de linguagem clara, transparente, leve e agradável, onde o leitor sente o prazer da leitura na beleza deste género literário.

                                                           «»

 

Sem comentários:

Enviar um comentário