sexta-feira, 12 de outubro de 2012

IMAGINÁRIO


                                           

 
 
 Imaginário,

Que te expandes além do infinito,

Perduras no tempo,

És eterno

E porque és imaginário

És intemporal

Sendo o tempo

Atemporal.

És fantasia,

És sonho,

És utopia,

És minha alegria,

És ilusão,

Donde brota a conceção

Do projeto da criação!...

 

Imaginário,

És no pensamento

Relíquia em relicário,

Contigo,

Eu crio e me recrio,

Canto e rio.

Te infundes

Em meu coração

Fazendo dele brotar

A paixão,

Na verdadeira aceção

Do verbo amar!...

           
Da obra - PARTE  DE MIM 
A lançar a 27-10-2012

 

Sem comentários:

Enviar um comentário