sábado, 6 de outubro de 2012

EU DAVA TUDO…

  







Eu dava tudo

para viver de novo

tudo o que vivi

ao pé de ti…


Eu dava a lua e as estrelas,

o brilho do sol ao acordar,

sobre a terra e sobre o mar,

em doce arrebol

que me faz sonhar…


Eu dava a vida

para, como Vénus  Renascida,

emergindo das ondas  do mar,

 viver de novo

o que vivi,

junto a ti,

por  te amar!...
      





Poema de - Zélia Chamusca
Da obra - Um Outro Olhar
Não publicada
Fonte de imagem Google

Publicado na  8ª. Antologia LOGOS  - 2014

6 comentários:

  1. Um coração apaixonado faria qualquer coisa para poder estar perto de sua paixão.
    Belissima declaração.
    Bjsssss

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá, Minha Querida Mónica,
      Fico feliz com sua assídua presença.
      Grata e beijinho,
      ZCH

      Eliminar
  2. Mesmo a morte não quebra a força de um verdadeiro AMOR no coração do sobrevivente.
    Beijo
    João

    ResponderEliminar
  3. Bom Dia, Ilustre Amigo, A. João Soares,

    Nada quebra o amor porque o amor está para alem, deste mundo, do mundo material.

    O amor é imortal.

    Grata por sua presença, e, amor fraterno para si,

    ZCH

    ResponderEliminar
  4. Waldir Filho,

    Fico feliz por ter apreciado meu poema.

    Grata pela sua presença e beijinho,

    ZCH

    ResponderEliminar