quinta-feira, 14 de junho de 2012

AH! NA SAUDADE...


Poema e formatação de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem -  Google

Da obra - Palavras da Alma
Chiado Editora

2 comentários:

  1. Em cada sorriso se esconde sempre uma lágrima, seja ela de alegria, ou de tristeza disfarçada. E em cada lágrima os sorrisos espreitam na reflexão da luz que as beija. Mas a saudade...Ah essa saudade que pode matar! Na saudade nada se esconde, tudo se sente; do mais puro amor à mais dura solidão. Magnifico Zélia,poema sentido. Beijinho de "luar"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Luar perdido,

      O meu poema é sentido como tudo o que escrevo e tão sentido como sentido é o teu comentário que me fez secar as lágrimas transformando-as em sorriso.
      Grata, Luar, pela luz que me transmites pela sensibilidade.
      Beijinho,
      ZCH

      Eliminar