terça-feira, 19 de junho de 2012

Ah! Amor! Quando p’ra sempre te encontrar

                                                





Ah! Amor! Quando pra sempre te encontrar
                           Zélia Chamusca


Neste soneto meu amor expresso
O quanto te amei e te amo, confesso,
E, na Eternidade eu te amarei
Quando p’ra sempre unida a ti estarei.

Ah! Amor! Quando p’ra sempre te encontrar
E, contigo, para sempre eu ficar,
Do amor será tão grande a intensidade,
Para poder matar minha saudade!...

Profundo é meu amor e dominante
Que faz de mim uma eterna amante
Enchendo de desejo o corpo meu.

Até à imensidão do Universo,
Eu eternizarei em cada verso
Apaixonado e terno beijo teu!...



                            





Da obra - PEDAÇOS DO MEU CORAÇÃO
Autor - Zélia Chamusca
Edições Vieira da Silva
Fonte de Imagem - Google
                             

Sem comentários:

Enviar um comentário