segunda-feira, 9 de abril de 2012

A VIDA, NESTE INSTANTE, NÃO VOLTARÁ JAMAIS

                                                                                           


A VIDA, NESTE INSTANTE, NÃO VOLTARÁ JAMAIS
                                                             Zélia Chamusca

  

A vida

Passa no tempo,

Tão efémera ela é...



A vida

Passa e flui

E se esvai

No tempo…



A vida,

Neste instante,

Esta vida

Não voltará

Jamais.



Na vida,

Não desperdicemos

O tempo que temos,

Porque,

O tempo

Que passou

Não volta

Nem voltará mais.



O tempo

Perdido

E o não perdido

É um instante…



Mas,

O tempo

Aproveitado,

É sublimado,

E não perdido,

Ele estará connosco

Na Eternidade!...



Saibamos aproveitá-lo!...

                

                 

Poema reeditado

4 comentários:

  1. É efémero o tempo da nossa vida terrena e seria triste se não assentasse na esperança da continuação dessa vida num outro local e numa outra dimensão. Efémera é verdade mas vale a pena ser vivida com alegria. Um beijo grande querida poetisa e amiga Zélia Chamusca.

    ResponderEliminar
  2. Grata, Poeta e Amigo Guilherme Duarte, por seu comentário e beijinho,
    ZCH

    ResponderEliminar
  3. De fato essa vida é efêmera. Mas a intensidade de cada momento que se vive, poderá parecer uma eternidade.
    Percebo que teus versos brilham cada vez mais.
    Bjsss em seu coração

    ResponderEliminar
  4. Querida Mônica,
    Só agora vejo este seu comentário.
    Grata e beijinho,
    ZCH

    ResponderEliminar