domingo, 15 de abril de 2012

A CENA DA VIDA



                                                 
             


A CENA DA VIDA
       (Reflexão)


Tudo está preparado

No palco da vida.

A cena decorrerá

Como o Encenador

Movido pelo Amor

Determinará,

E, atuará

Na cena da vida,



E, inevitavelmente,

Do “amor fati” a aceitação,

Ou não,

Sulcando dores,

Conquistando amores,

Vivendo alegrias,

Aplausos,

Sucessos,

Fracassos

E fantasias,

Decorrerá

A cena da vida….



Num ciclo eterno

Surgirá, novo recomeçar

De progressivo caminhar,

Permanente,

Crescente

Vencer de obstáculos

Sulcando dores,

Conquistando amores,

Vivendo alegrias,

Aplausos,

Sucessos,

Fracassos

E fantasias,

Num eterno recomeçar,

Terá lugar

Até se consumar,

A cena da vida…

                                                         

        

4 comentários:

  1. A cena da vida. Tal como teatro são muitas as sessões mas não há nenhuma igual. O texto e o guião é o mesmo mas os actores, em cada representação, tramitem os seus sentires momentâneos. O actor não consegue nunca duas interpretações iguais. Na vida também é assim. Cada dia é uma cena, que até se pode repetir, mas nunca da mesma forma.

    Mais um grande poema. Beijos POETISA ZÉLIA CHMUSCA. Beijos querida amiga.

    ResponderEliminar
  2. Olá, Poeta e Amigo Guilherme Duarte,

    Grata por seu incentivante comentário e beijinho,
    ZCH

    ResponderEliminar
  3. A vida é esse nosso grande palco, onde cada qual representa seu papel em um grande espetáculo.
    É isso mesmo minha amiga.
    Parabéns pela inspiração e mais esse poema.
    Bjssssss

    ResponderEliminar
  4. Oi! Querida Mônica!
    Que a nossa vida, que é a passagem duma cena em vários atos, consiga deixar pelo menos, a imagem do Bem, na retina daqueles que nos conheceram.
    Grata por seu carinho,
    ZCH

    ResponderEliminar