quinta-feira, 23 de fevereiro de 2012

Sou planta, sou flor




Sou planta

Que arrancam do solo

Para murchar,

Mas, minhas raízes

Procuram a terra

De novo encontrar.



E se agarram à vida

Para viver,

Para ser

Na Natureza

Parte de sua beleza!…



Sou flor

A que tiram as pétalas

Para secar,

Mas, meus botões

Irão desabrochar

E, de novo

Serei flor,

Serei rosa,

Serei cor,

Serei vida,

Serei amor!...

       






Poema de - CHAMUSCA, Zélia
Fonte de imagem - Google

2 comentários:

  1. É esta a grande força da natureza, a força da renovação constante. Gostei muito da associação entra a flor a a mulher, neste caso a Zélia.

    "serei rosa
    Serei cor
    Serei vida
    Serei amor"

    Que continue a ser assim e será sempre a flor que conheci em tempos.

    ResponderEliminar
  2. Poeta Querido vc é mesmo poeta e por isso teve sensibilidade para entender a mensagem.

    Efetivamente o que eu pretendi transmitir foi a força que existe dentro de mim face às conturbações da vida.

    E constato que consegui transmitir esse sentimento.

    Grata e beijinho,
    ZCH

    ResponderEliminar