terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

Sou Apaixonada




 
Uma conturbação de emoções

Em meu ser predomina,

Que me condiciona e domina.



É um tão forte desejo

Que pareço esvair...

Neste sentir.

Deste ensejo,

Procuro sair

Me refugiando

Numa ataraxia

De imperturbável magia.



É um arrebatamento interior,

Ânsia de ser,

De querer…

Sentir inesgotável,

Em que me canso,

E descanso.

Desejo insaciável…





Não sei… só sei que me apaixonei…



Sim, sou apaixonada…

Cansada,

Esgotada,

Insaciada.



Em vão, e em tudo, incessantemente,

Procuro o objeto do amor.

No todo disperso

E no anverso…

Onde está o amor?



Não sei…

Mas, dentro de mim, eu sei…

                  



Autor - Zélia Chamusca

IGAC- Registo 6790/2011

2 comentários:

  1. Uma mulher em toda a plenitude dos seus sentimentos, afectos e desejos.

    "Onde está o amor?

    Não sei
    Dentro de mim...eu sei"

    A afirmação e o desabafo de uma mulher sefenta de viver.

    Mais um belo momento poético. Parabéns.

    ResponderEliminar
  2. Poeta e Grande Amigo, Guilherme Duarte,

    Seu comentário me fez corar...

    Senti...

    Apenas escrevo o que sinto.

    Grata e beijinho,

    ZCH

    ResponderEliminar