terça-feira, 3 de janeiro de 2012

SOU APAIXONADA




SOU APAIXONADA



Uma conturbação de emoções

Em meu ser predomina,

Que me condiciona e domina.



É um tão forte desejo

Que pareço esvair...

Neste sentir.

Deste ensejo,

Procuro sair

Me refugiando

Numa ataraxia

De imperturbável magia.



É um arrebatamento interior,

Ânsia de ser,

De querer…

Sentir inesgotável,

Em que me canso,

E descanso.

Desejo insaciável…





Não sei… só sei que me apaixonei…



Sim, sou apaixonada…

Cansada,

Esgotada,

Insaciada.



Em vão, e em tudo, incessantemente,

Procuro o objeto do amor.

No todo disperso

E no anverso…

Onde está o amor?



Não sei…

Mas, dentro de mim, eu sei…

                   «»


Poema de - CHAMUSCA, Zélia
Fonte de Imagem - Google







2 comentários:

  1. Um belo poema de emoções e sensualidades.

    Quero também salientar o quão belíssimo é este blog.
    Design com cor e vida fantásticos.
    Música de fundo encantadora, o que torna tudo um mimo de se ver e ouvir. Parabéns Zélia.
    Quisera eu ter um blog assim.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá,José Carlos Moutinho,

      É um prazer recebê-lo, aqui, neste espaço que eu preparei sozinha, e não penso que esteja um primor, mas, foi o que consegui preparar para receber todos os que o quiserem visitar.

      Poeta e Amigo, ver-nos-emos, logo, no Casino Estoril, no lançamento da antologia.
      Fico feliz com seu agradável comentário nesta sua primeira visita, e, espero-o mais vezes.
      Beijinho, e, até logo,
      ZCH

      Eliminar