sábado, 31 de dezembro de 2011

SOU POETA

SOU POETA

Sou poeta do amor,
Do sentimento,
Da paixão,
Da emoção.

Sou poeta,
Nem tudo digo,
Mas, sinto e vivo o que digo.

O que digo
Não tem máscara
Tudo é transparente,
Pois, é o que minha alma sente.

O que digo
É envolto em magia,
É vida,
É fantasia,
É a verdade do meu sentir:
É a realidade,
É o sentimento,
É a paixão,
É a emoção.

Vivo e sinto o que digo,
O que sofro e o que não sofro,
A tristeza e a alegria,
O amor e a beleza,
O sorriso e a fantasia
Em tudo o que me rodeia
E poderão ter a certeza
Que vivo e sinto tudo isto.
Se é verdade ou mentira o que digo,
Não se importem…

Sintam o que digo
E saberão, também,
O que é poder sentir
A vida dentro de nós
Apreciá-la e vivê-la
E, sobretudo, merecê-la!...

E, porque sou poeta,
Poderão ter a certeza,
Que para mim,
A vida tem muito mais beleza!...
                   «»

Poema de - CHAMUSCA, Zélia
Fonte de Imagem -Google

2 comentários:

  1. Ser Poeta é sentir e poder transmitir em poesia.
    E isso o fazes perfeitamente.
    Bjssssss

    ResponderEliminar
  2. Querida Poetisa Mônica Pamplona, grata por sua visita e comentários.

    Beijinho,
    ZCH

    ResponderEliminar