domingo, 19 de maio de 2019

Hoje desci ao povoado


 

Hoje

Tive necessidade de descer ao povoado,

andava à solta tanto gado

que marrava desalmado!

 

Hoje

Havia tanto  gado bravo,

talvez por ser feriado

andava à solta por todo o lado!

 

Hoje

Era tal o alvoroço

que até pensei ser um tornado…

Mas, afinal era por ser feriado!

 

Hoje

Fugi de tanto gado bravo

que implicava importunado

no mundo perturbado.

 

Hoje

Mais uma vez a fugir regressei,

no meu  tranquilo gineceu entrei

e, amor, sonho e fantasia  nele encontrei.
                                                                                                                                               

Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem-Google        

quarta-feira, 8 de maio de 2019

Viver é Projeto Sucessivo


 
 
Viver é permanente sonhar acordado,

é projeto sucessivo

e torna-lo concretizado.

 

É voar na fantasia por todo o lado

para, finalmente, ao céu subir

e, aí ficar extasiado…

 

Viver é dom que por Deus nos foi dado

neste mundo que também por Ele,

por amor, foi criado.

 

Saibamos aproveitá-lo…

                «»
                                    
Poema de - Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google

terça-feira, 30 de abril de 2019

O Tempo Urge


 O tempo urge

Quero voltar atrás

Desviaram o caminho

Não querem a paz

 

Eu quero a paz

Quero o amor e a amizade

A solidariedade

 

Quero a alegria

Quero a felicidade

E tudo o que nos apraz

 

O tempo urge

Quero  agarrá-lo

Eu sou capaz

De saltar sobre as pedras

E lutar pela paz!

                 «»

                               Zélia Chamusca


 

 

domingo, 28 de abril de 2019

Olho além e não vejo ninguém


 

Sonhei vir a ser

mais uma igual parte

e acabei por ser

p’ra além ser à parte

 
E tentando ser

uma luz sorria

e me iluminava

como a luz do dia

 
A vida passava

até quando olhei

e no que fiz vi 

o que ultrapassei

 
Tanto o que sonhei

e com garra o fiz

pois nunca parei

por ser tão feliz

 
Sempre a crescer

em mente e em espírito

vim a ser e ter

muito p'ra além disto
 

Na altura distante

e agora olho além

do que via então

 não vejo ninguém…

          «»

 Poema de -  Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google

terça-feira, 9 de abril de 2019

Todos calam;não falam





 

Chego a pensar

que se sumiu a voz,

que se esvaiu o pensamento,

que se perdeu a razão.

 

A voz  é a expressão

do pensamento

e da razão.

Mas, a voz esvaiu-se

na apática letargia

da hipocrisia…

 

Entro em meditação

e, além da minha razão,

e do meu olhar,

da minha inteligência

manifesta na expressão,

não vejo compreensão.

 

Fala-se em alterações climatéricas,

em secas… grande seca…

Não à caça!

Que trapaça…

Na defesa dos animais,

e outras tais…

Mas de tudo; nada mais…

 

Fala-se, fala-se,

bota-se discurso,

indicam-se razões,

tantas explicações,

e, nada mais…

 

Não há liberdade de expressão

ou perdeu-se a razão?

Não há liberdade?

Que imoralidade…

 

Não, não há;

O que há é a cobardia

e a hipocrisia

da sociedade!

 

A verdadeira razão

todos calam…

Não falam…

       «»


Poema de -   Zélia Chamusca
Fonte de imagem - Google
                            

segunda-feira, 1 de abril de 2019

Um Conceito de Liberdade




 Liberdade é poder ser

Autêntico e verdadeiro

E em tudo poder crescer

De modo pleno e inteiro

 

É ver no outro um irmão

Sempre pronto p’ra ajudar

Em tudo com prontidão

E liberdade p’ra amar

 

A liberdade é viver

Sendo em tudo responsável

E de sua vida fazer

Conduta incontestável

 

Não esqueças que a liberdade

É agir com a razão

E responsabilidade

No mundo ter por missão.

               «»

                      Zélia Chamusca
Poema de - Zélia Chamusca
Antologia Liberdade
Chiado Editora

quinta-feira, 7 de março de 2019